A transformação digital vem desafiando CEOs e departamentos de estratégia em todos os setores. Grandes players do mercado, médias e pequenas empresas vêm buscando se posicionar de maneira competitiva com o suporte das novas tecnologias, principalmente tecnologias sustentáveis.

Para tanto, o investimento em tecnologias disruptivas têm sido decisivo. Contudo, não se trata apenas disso. Cada vez mais, gestores, líderes e profissionais de TI passam a entender que essa mudança não era apenas sobre tecnologia. 

Acima de tudo, os novos tempos exigem abordagens diferentes, processos mais flexíveis e uma mentalidade orientada pela inovação

Agora, o desafio da vez é combinar tecnologia e sustentabilidade, buscando encontrar o equilíbrio entre essas duas abordagens.

Na prática, em alguma medida, todo negócio envolve processos digitais de uma forma ou de outra.

Eles são fundamentais para atender às necessidades individuais específicas de uma empresa. Consequentemente, a digitalização e o uso de novas tecnologias podem viabilizar o alcance das metas de sustentabilidade.

Neste artigo, abordamos os desafios de implementação de tecnologia sustentável na era verde.

O que é sustentabilidade digital?

De modo geral, o conceito é definido como um conjunto de fatores e princípios ecologicamente seguros e estáveis ​​que tornam possível o desenvolvimento social e econômico a longo prazo. 

Tais iniciativas são realizadas a partir da adoção de uma ampla gama de tecnologias.

É certo que todo negócio digital quer fazer a diferença. Por isso, tornar-se ambientalmente sustentável é tão importante. A necessidade de pensar sobre o futuro do planeta e da humanidade é imensa. 

Até mesmo porque os desafios são muitos:

  • Mudanças climáticas;
  • Consumo excessivo de recursos naturais não renováveis;
  • Perdas de biodiversidade;
  • Desmatamento extenso;
  • Desastres naturais extremos;
  • Emissão maciça de dióxido de carbono;
  • Comprometimento da qualidade do ar e da água.

Definitivamente, a combinação entre tecnologia e sustentabilidade é cada vez mais necessária dentro das empresas, e as tecnologias sustentáveis precisam entrar em cena.

Como as tendências digitais impactam o crescimento da tecnologia sustentável?

As tecnologias sustentáveis oferecem inúmeros benefícios para as empresas e para o meio ambiente.

Com certeza, todas as tendências tecnológicas populares, como inteligência artificial (IA), machine learning, Internet das Coisas (IoT), Big Data, computação em nuvem, automação de processos robóticos, entre outras, vêm para facilitar nossas vidas.

É por isso que as empresas de grande porte buscam essas inovações e mudanças. 

Por exemplo, a inteligência artificial tem sido a chave para a análise e gestão de dados complexos voltados para a tomada de decisões sustentáveis em áreas como:

  • mudança climática;
  • segurança do ar e da água;
  • conservação da biodiversidade;
  • resiliência a desastres.

Dito isto, os investimentos potenciais em tecnologia são crescentes. De acordo com projeções dos especialistas do IDC, os gastos mundiais apenas com sistemas de IA devem chegar a US$ 79,2 bilhões em 2022.

Obviamente, garantir a combinação entre tecnologia e sustentabilidade dentro dos processos da empresa é uma estratégia que traz uma série de vantagens para as companhias, tais como aumento de receitas, redução de custos e entrega de uma experiência positiva ao cliente.

Tecnologias sustentáveis: 10 passos essenciais

Neste contexto, a maioria dos países se preocupam com ações globais sustentáveis e geram estratégias consistentes para cumprir os compromissos do Acordo de Paris. Para tanto, algumas etapas devem ser cumpridas:

  • Estabelecer um consumo eficiente de recursos naturais;
  • Mobilizar fontes de investimentos financeiros;
  • Orientar a mudança do combustível fóssil para a energia renovável;
  • Mitigar os riscos de mudança climática;
  • Realizar melhorias na cadeia de abastecimento;
  • Transformar os processos de toda a indústria, incluindo TI;
  • Manter o equilíbrio entre a economia urbana e rural;
  • Implementar soluções e tecnologias sustentáveis para preservação da natureza;
  • Apoiar e defender grupos vulneráveis e áreas de proteção ambiental;
  • Minimizar os níveis de emissão e poluição.

Sendo assim, as empresas privadas e públicas têm a responsabilidade de contribuir para a preservação do meio ambiente, impulsionando o uso de tecnologia sustentável. Essa é a estratégia necessária para se tornarem limpas e verdes.

7  tecnologias sustentáveis em uso no mercado

As tecnologias sustentáveis ​​percorreram um longo caminho nas últimas décadas, impulsionadas pela consciência ambiental e pelos custos crescentes dos combustíveis fósseis.

Conheça algumas das soluções que estão em uso nas estratégias de sustentabilidade das companhias:

1- Nanotecnologia

A nanotecnologia é uma das tecnologias sustentáveis do mercado.

Esta pequena tecnologia tem aplicações em energia limpa, gerenciamento de gases de efeito estufa, manufatura verde e vida sustentável. 

Na Índia, por exemplo, os pesquisadores estão usando nanopartículas compostas para destruir contaminantes como bactérias e micróbios na água potável.

2- Biocombustíveis 

Eles incluem etanol e biodiesel produzidos a partir de óleos e gorduras, bem como combustíveis sólidos feitos de matérias-primas não alimentares, esterco, resíduos e algas. 

3- Bioplásticos 

As formas atuais de bioplásticos incluem plásticos PLA e PHA à base de amido. À medida que a oferta de petróleo diminui, muitas indústrias, como a automobilística e a eletrônica, podem olhar para os ecoplásticos como alternativas de baixo consumo de carbono. 

4- Monitoramento inteligente e análise preditiva

O monitoramento inteligente contribui para análises preditivas que garantem melhores resultados.

O monitoramento e a análise podem ajudar a aumentar a eficiência no consumo de energia, uso de água e manufatura verde. 

As empresas podem usar sensores para detectar falhas, como vazamentos nas redes de abastecimento de água. 

Além disso, a modelagem preditiva pode maximizar os recursos em várias indústrias. No agronegócio, por exemplo, os sistemas de irrigação de precisão se destacam.

5- Energia das marés

A energia das marés pode ter um futuro sólido se os investidores estiverem interessados. Ao contrário do vento ou do sol, as marés são muito previsíveis. 

A cidade de Swansea, no Reino Unido, está planejando uma usina de energia maremotriz de 240 megawatts que geraria mais de 400 gigawatts-hora de eletricidade por ano. Esse montante é o suficiente para abastecer cerca de 121 mil residências.

6- Indústria química movida a energia solar 

A energia solar é uma tecnologia sustentável que promete reduzir as emissões de gases poluentes da indústria química. 

Na prática, a fabricação de muitos dos produtos químicos, como medicamentos, requer combustíveis fósseis em alta escala. Por isso, essa é uma alternativa importante.

7- Tecnologia sustentável para aviação

O uso de tecnologia sustentável também está sendo estudado no setor da aviação.

Bicicletas, patinetes e veículos elétricos já circulam em muitos dos países pelo mundo. Agora, a aviação elétrica está em desenvolvimento. 

Ao explorar a “propulsão elétrica”, o objetivo é eliminar as emissões poluentes das viagens aéreas, reduzindo os custos de combustível em grandes companhias. 

NASA, Airbus e MagniX já estão trabalhando no desenvolvimento deste tipo de tecnologia: são mais de 170 projetos em andamento. A Airbus pretende ter aviões elétricos para 100 passageiros até 2030.

3 cases de uso de tecnologias sustentáveis

Até aqui, conhecemos um conjunto de tecnologias sustentáveis que podem ser exploradas pelas empresas. 

Para ilustrar, como esse movimento de implementação pode ser feito, selecionamos três cases de sucesso de projetos que combinam tecnologia e sustentabilidade. Confira:

Walmart

A junção entre tecnologia e sustentabilidade também oferece melhores experiências aos clientes.

O Walmart, uma das maiores empresas varejistas do mundo, vem implementando várias ferramentas digitais que visam eliminar o desperdício e o uso de energia, otimizando o controle da cadeia de suprimentos. 

Uma das iniciativas consiste no uso de vários sensores IoT integrados e robôs de escaneamento de prateleira, tecnologias sustentáveis ​​que geram economia de energia e melhoram a experiência do cliente

Patagônia

A Patagônia é uma empresa de roupas sustentáveis ​​com receita de US$800 milhões que pode se orgulhar do uso de materiais orgânicos, da venda de roupas usadas e renovadas e provisões orgânicas. 

Consciente da importância da sustentabilidade, a Patagônia implementou uma série de inovações na gestão de empresas, como:

  • Materiais de construção reciclados com janelas com revestimento laminado que evitam o superaquecimento;
  • Painéis solares com fotossensores e detectores de movimento;
  • Iluminação LED, novos sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado controlados por uma rede inteligente.

Além disso, a empresa possui uma estação de trabalho central de IA que controla automaticamente todos os sistemas operacionais, desde um ambiente interno até a irrigação externa. 

Até mesmo a paisagem e as plantas ao redor dos edifícios são escolhidas e projetadas para diminuir o uso de água. 

Os profissionais são incentivados a usar carros elétricos e obtêm uma compensação financeira se decidirem ir trabalhar usando bicicleta ou transporte público.

Ørsted

Para atingir as metas globais de sustentabilidade, empresas de todos os tamanhos devem trabalhar em cooperação, como a Ørsted, sempre buscando utilizar a tecnologia e sustentabilidade em conjunto. 

Ela é uma fornecedora de tecnologia eólica e bioenergia da Dinamarca, que trabalha para construir “um mundo inteiramente verde” com um suplemento de energia 100% livre de carbono até 2025. 

A empresa está diminuindo a atividade baseada em petróleo e carvão para adotar sistemas de energia limpa. 

A Ørsted possui mais de mil turbinas eólicas offshore equipadas com sensores que geram dados valiosos de forma integrada. 

Em 2020, a Ørsted foi considerada a empresa mais sustentável do mundo.

É claro que os cases ilustram apenas algumas das aplicações possíveis. A tecnologia sustentável pode fazer muito mais pela preservação do meio ambiente e pelo bem-estar das pessoas, garantindo, inclusive, competitividade para as companhias

O primeiro passo é decidir priorizar os projetos de sustentabilidade. Sua empresa está pronta para se adaptar e usar as tecnologias sustentáveis?

Gostou do artigo e quer saber mais sobre tecnologia e sustentabilidade? Continue acompanhando o blog da Huawei! 

Este artigo foi útil?

Obrigado pela avaliação!

Sim Não

Escrito por:

Fernanda Rodrigues

Deixe seu comentário

Nome * Campo Obrigatório
E-mail * Campo Obrigatório * E-mail Inválido